NOTÍCIAS
Trend

Quem matou Vitória Gabrielly? Menina foi morta por dívida R$ 7 mil em drogas

A crueldade da morte da menina chegou ao final com testemunha chave e declarações inéditas

O caso de Vitória Gabrielly está solucionado, segundo a Polícia Civil do Estado de São Paulo. A crueldade aplicada na morte de Vitória, de apenas 12 anos, foi completamente em vão e por engano. Segundo a polícia, nesta terça-feira (3), uma testemunha foi fundamental para chegar aos assassinos.

O homem que foi ouvido na DHPP (Departamento Estadual de Homicídios e de Proteção à Pessoa) era a peça que faltava para elucidar o crime que parou o Brasil. Seu depoimento foi essencial para que a polícia entendesse a real motivação do crime.

O homem que compareceu seria a verdadeira vítima dos bandidos matadores. Segundo a testemunha, ele devia R$ 7 mil para o casal Bruno e Mayara, presos, e sabia que sua família poderia pagar pela dívida. Entretanto, Vitória foi confundida com sua irmã e levada por engano.

A testemunha também disse que Bruno já é velho conhecido na região e que costuma punir família de devedores. A irmã desta testemunha, revelou, tem as mesmas características físicas de Vitória que acabou pagando um preço alto por se parecer com ela.

Vitória morreu por R$ 7 mil e por engano

A testemunha acabou confirmando que conhecia e casal e também Julio. O primeiro preso, aliás, era apenas um usuário de drogas e acabou sendo envolvido pelo casal no crime.

Bruno Marcel Oliveira já era conhecido na região e já havia sido preso por tráfico de drogas. Mayara Borges de Abrantes também já era conhecida da polícia por roubo. De fato, apenas o faro dos cachorros e o depoimento de Julio, era o que se tinha contra o casal. O depoimento acaba fechando o ciclo da investigação.

A linha que a polícia traçou é que, quando identificada o erro da vítima sequestrada, os assassinos decidiram matar Vitória para que eles não fosse reconhecidos posteriormente. A mãe, dona Rosana, está completamente arrasada com a notícia da morte de mais uma inocente.

TV MRNews

Tags

HUGO GONSALVES

Formado em Engenharia Elétrica pela UnB, me especializei em jornalismo colaborativo pela FTP em nível de pós-graduação. hugo.reis@oimeliga.combr

Artigos relacionados

Close