NOTÍCIAS
Trend

Resgate de meninos na caverna da Tailândia faz primeira vítima fatal

Aumenta o pessimismo sobre resgate de meninos que estão presos em uma caverna na Tailândia

Os 12 meninos que estão presos em  uma caverna na Tailândia, estão conseguindo manter o otimismo dentro do possível. Eles que ficaram presos no fundo de uma caverna que foi inundada pelas chuvas, ainda não sabem, mas um dos mergulhadores voluntários acaba de falecer.

Saman Gunan, 38,  um mergulhador da Marinha da Tailândia, era um profissional experiente mas acabou falecendo sem oxigênio em uma das caverna as inundadas. Saman era, inclusive triatleta e não resistiu ao ambiente hostil onde os meninos estão presos.

 

Saman Gunan se voluntariou para ajudar no resgate dos meninos presos na caverna Foto: O2Max Triathlon Team / BBC News Brasil
Saman Gunan se voluntariou para ajudar no resgate dos meninos presos na caverna
Foto: O2Max Triathlon Team / BBC News Brasil

Saman Gunan ficou sem oxigênio

Segundo o governador em exercício Chiang Rai, o mergulhador era um experiente profissional que se habilitou para levar oxigênio aos meninos da caverna. Entretanto, ele mesmo acabou ficando sem oxigênio para voltar e acabou tendo um mal estar. Por conta disto, ele ficou inconsciente e acabou falecendo.
Ele ainda foi resgatado por um colega mergulhador, mas já era tarde.

Conforme análise do local, o oxigênio do local onde os meninos estão presos caiu de 21% para 15% e por isto, os mergulhadores tiveram que levar cilindros com oxigênio, para qualquer emergência. Os meninos já estão presos há 12 dias em uma câmara que, com as chuvas ainda podem ser inundadas.

O mergulhador experiente acabou desmaiando. “No caminho de volta, depois de deixar os cilindros de oxigênio, Saman Gunan desmaiou. O colega tentou prestar os primeiros socorros, mas ele não respondeu”, contou Yookonhaew, que ajudou no resgate do colega.

 Quais as opções de regate dos meninos presos na Tailândia

As autoridades avaliam tirar os meninos por meio de mergulho. Desta forma, os meninos teriam que se fortalecer fisicamente e serem treinados para conseguir percorrer os 4 km de caminho até a saída da caverna. Esta opção acaba enfraquecendo, já que até mergulhadores experientes podem morrer no trajeto.

Outra opção seria fazer um buraco e resgatá-los por cima. Esta seria a última opção. A outra seria, esperar algo em torno de quatro meses, para que, com a redução do nível de chuvas, as cavernas esvaziem e os meninos possam sair caminhando.

“A princípio, pensamos que as crianças poderiam ficar por um bom tempo (na caverna). Mas agora as coisas mudaram e temos um tempo limitado”, disse Arpakorn Yookonhaew.

Menino deficiente aparece em vídeo comendo ração para cachorro; avó e mãe são investigadas
Médico é morto, esquartejado e teve o corpo escondido dentro do poço da própria casa; esposa e filho são presos

TV MRNews

Tags

HUGO GONSALVES

Formado em Engenharia Elétrica pela UnB, me especializei em jornalismo colaborativo pela FTP em nível de pós-graduação. hugo.reis@oimeliga.combr

Artigos relacionados

Close