ENTRETENIMENTONOTÍCIAS
Trend

Letícia Almeida é processada por Jonathan Couto, virá ré e é proibida de falar da filha

Atriz da Globo que teve filho com concunhado casado, agora é ré em processo e não pode mais falar sobre o caso.

Letícia Almeida tem sido alvo de uma série de especulações e notícias envolvendo seu triângulo
(ou quarteto amoroso), que envolveu Saulo Pôncio, Jonathan Couto e até Pablo Morais, outro ator da Globo. A jovem teve um filho com Jonathan Couto que era seu concunhado.

A história já foi bem explicada aqui no MRNews e se você perdeu algo, no final do artigo, faremos um apanhado. De todo modo, Jonathan Couto é casado com Sarah Poncio, irmã de Saulo que era namorado de Letícia.

Em uma noite de festa na casa do casal, os dois acabaram transando e depois de uma série de exames de DNA, ela descobriu que o pai da menina Maria Madalena era Jonathan Couto e após a história vazar, a vida de todos os envolvidos virou história e notícia.

Jonathan coloca Letícia Almeida contra a parede

Incomodado com a exposição, Jonathan entrou com um processo contra a amante e em ação de dano moral e direito de imagem ele pede indenização na 6ª Vara Cível, do Rio. A primeira audiência, de conciliação, está marcada para novembro.

Até lá, Letícia não pode mais se manifestar sobre o imbróglio familiar em que se viu envolvida nem citar o nome de Jonathan sob a pena de uma multa de R$ 1 mil por dia. Só que a história não deve mesmo parar por aí. Letícia também estaria reunindo provas para entrar com processo contra ele.

A verdade é que a história ainda deve render uns bons bocados.

 

Letícia Almeida, atriz que teve filho com o cunhado casado, abre B.O. contra Saulo Pôncio e desabafa

Letícia Almeida, atriz que se envolveu na maior polêmica da semana, deu também sua versão no caso que ‘abalou Bangu’, esta semana. Você que acompanha o MRNews viu que até o ator de ‘Segundo Sol’, Pablo Morais fez teste de DNA para saber se Madá era sua filha. Não era.

O caso repercutiu completamente e o jornal EXTRA fez uma completa cobertura e revelou o outro lado da história. A atriz que teve Maria Madalena, sua filha, com um terceiro homem, Jonathan Couto, seu concunhado casado, também foi ouvida e revelou que foi agredida pelo ex.

Letícia Almeida abre B.O. contra Saulo Pôncio e fala pela primeira vez

Em entrevista ao jornal EXTRA, a mulher revelou a verdade sobre a paternidade de sua filha. O pai é mesmo Jonathan Couto, concunhado dela e casado com Sarah. A história é bem confusa, mas é mais ou menos assim, como descrito abaixo. Só para recordar o caso:

  • Sarah Poncio é mulher de Jonathan Couto
  • Jonathan é pai de Madah, filha de Letícia Almeida
  • Letícia Almeida namorava Saulo Poncio, que até então acreditava ser o pai de Madah
  • Saulo é irmão de Sarah
  • Pablo Morais tinha namorado Letícia Almeida antes de Poncio

Ela que tem apenas 22 anos disse que foi agredida pelo ex e fez um B.O. na 16ª DP da Barra da Tijuca por danos, injúria e vias de fato contra a ex-sogra e contra Saulo Pôncio.

“Eles tentaram ficar com minha filha, teve uma confusão, me xingaram, xingaram meu pai, rasgaram nossas roupas. Pedi uma medida protetiva. Estou com muito medo e nem saio de casa“, relata. A seguir, Leticia dá sua versão de toda a história, que teria elementos suficientes para uma trama de novela no horário nobre

Leticia Almeida diz que foi agredida por ex e ex-sogra
Leticia Almeida diz que foi agredida por ex e ex-sogra Foto: arquivo pessoal

A versão dos fatos por Letícia Almeida

Letícia revelou que já conhecia Saulo antes de conhecer Pablo Morais. Apesar deles não estarem namorando, era uma relação séria. Letícia também já conhecia Jonathas Morais antes dele conhecer a atual esposa, Sarah. Aliás, foi ela que os apresentou.

Em uma determinada noite, ela estava com o casal de amigos e Sarah foi dormir. Apesar de Letícia revelar que não se lembra do que aconteceu, ela confirma que os dois transaram.

“Nós sempre fomos amigos. Eu o apresentei à Sarah. Eu estava com Saulo, não chamava de namoro, mas era um relacionamento sério apesar de não rotularmos. Eu não fui à casa dele desabafar como foi contado quando ele fazia um show em Brasília. O Saulo me pediu para ficar na casa dos pais dele à espera da sua volta. Eu conhecia todo mundo, sempre frequentei a casa deles, todos moram juntos. Dormi lá”.

“A Sarah não estava grávida nesta época. O filho dela tinha 4 meses e ela foi dormir. Fiquei na sala com amigos e com o Jonathan. Bebemos, e não lembro direito como aconteceu. Mas aconteceu. E, infelizmente, não posso apagar isso, desfazer”.

Jonathan Couto é o pai da filha de Leticia Almeida
Jonathan Couto é o pai da filha de Leticia Almeida Foto: reprodução/instagram

 O teste de DNA

“Quando a Madá nasceu, o Saulo continuou a ter o mesmo comportamento. Ficava cinco minutos com a filha e saía de casa, só voltava no dia seguinte. Sofri bastante. Fiz o teste a pedido da minha sogra. Estávamos em Angra dos Reis, na casa que eles têm, e liguei para o laboratório porque o resultado estava demorando muito. Recebi por email e todos estavam do meu lado quando abri. Não forjei nada. Porque na hora não entendemos o que dizia. A Simone pediu para eu enviar por Whatsapp a foto do resultado. Mandei a foto e também uma imagem do Google que mostrava um resultado positivo, para que a gente comparasse. E todos nós achamos que era positivo o exame”.

“Algumas semanas depois, a Simone decidiu ir ao laboratório com Saulo. Ela sempre dizia que a gente precisava pegar a cópia para anexar à certidão de nascimento da Madá. Quando voltaram de lá, disseram que o exame tinha dado negativo. E eu não entendi nada. Nada mesmo. Fiquei desesperada, chocada. Saulo nem quis olhar na minha cara. Lógico! Me coloco no lugar dele. Entendo todo mundo”.

TV MRNews

Tags

R. HUGO

Especializado em jornalismo colaborativo pela FTP em nível de pós-graduação. suporte@oimeliga.combr

Artigos relacionados

Close