ENTRETENIMENTO

Desembargador faz vídeo ao lado de Leonardo e dispara para juízas: “Vamos aí comer vocês”

Após a polêmica, o desembargador de Santa Catarina se manifestou sobre o caso

Anda circulando na internet, através das redes sociais, um vídeo que mostra o desembargador do TJSC, Jaime Machado Junior, enviando um “recado” para as colegas juízas com palavras de baixo calão e afirmações machistas e desrespeitosas, ao lado do cantor Leonardo.

O desembargador, inclusive, chega a citar o nome das mulheres para dizer, depois apresenta o cantor Leonardo, que está ao seu lado para, logo em seguida, dizer que eles estavam indo para Santa Catarina com a intenção de “comê-las”, finalizando ainda com a afirmação de que Leonardo seguraria as juízas citadas, enquanto o magistrado praticaria o ato sexual.

Apesar de estar envolvido no caso, porque aparece no vídeo e por ter ficado calado, é perceptível o desconforto do cantor Leonardo com toda a situação, que apenas esboçou um riso sem graça.

Assim que o vídeo começou a repercutir na internet, o Movimento de Mulheres do MP, juntamente com a Associação de Mulheres em Carreiras Jurídicas, manifestou-se com uma nota de repúdio às afirmações dadas pelo desembargador, exigindo que magistrado do Tribunal de Justiça do estado de Santa Catarina, emitisse uma nota oficial pedindo desculpas pela sua atitude.

Além disso, ambas as instituições, solicitaram que fosse feita uma apuração dos fatos e que as devidas providências de punição sejam tomadas pelas instâncias que são responsáveis pela postura antiética de magistrados de Santa Catarina, afirmando por meio da nota emitida que esse tipo de postura sexista, machista e desrespeitosa vinda de um desembargador é inadmissível.

 

Após a polêmica, o desembargador de Santa Catarina se manifestou sobre o caso

 

No dia de ontem, terça-feira (26/03), Jaime Machado Junior emitiu um pedido de desculpas oficial através de uma nota emitida pela sua assessoria de imprensa.

Na nota em questão, o magistrado reconhece que não foi feliz em suas colocações, caracterizando-as de inadequadas, pois, mesmo se tratando de uma brincadeira péssimo gosto, esse tipo de atitude reforça uma cultura machista latente na sociedade brasileira.

Dessa forma, o desembargador admitiu que cometeu um erro e disse que, com certeza, esse episódio servirá de lição para ele e para todos os homens.

O Tribunal de Justiça do estado de Santa Catarina, por sua vez, apenas emitiu uma nota dizendo que, após analisar o vídeo, exigiu esclarecimentos da parte do desembargador sobre o ocorrido e, dessa forma, através da análise das informações prestadas pelo magistrado, é que vai ser decidido quais as providências de punição que serão tomadas.

TV MRNews

Tags

R. HUGO

Especializado em jornalismo colaborativo pela FTP em nível de pós-graduação. suporte@oimeliga.combr

Artigos relacionados

Close