NOTÍCIAS
Trend

EUA acusa Nicolás Maduro de narcotráfico e paga U$ 15 milhões por ‘cabeça’ do líder da Venezuela

Maduro seria líder do Cartel de Los Sols

O procurador-geral americano William Barr revelou nesta quinta-feira (26) que a ‘cabeça’ de Nicolás Maduro, líder venezuelano está à prêmio. E não é pouca coisa. Ele está sendo acusado pela Administração de Repressão às Drogas e promotores federais de Manhattan e Miami por narcotráfico internacional.

Em comunicado o Estado Americano promete U$ 15 milhões, ou seja, mais de R$ 75 milhões para quem conceder informações sobre Maduro.

Maduro seria líder do Cartel de Los Sols

A acusação que recai sobre Maduro revela que o venezuelano liderou e ajudou a administrar uma organização de narcotráfico chamada Cartel de Los Sols. A organização seria reponsável por levar toneladas de cocaína aos EUA, o que foi caracterizado como uma “arma contra os EUA”.

Segundo os promotores americanos, o próprio Maduro teria negociado toneladas da droga, que teria sido produzida pelas FARC e, além disto, ainda teria fornecido (via exército) fornecido armas militares ao grupo paramilitar. Ele também teria coordenado assuntos externos com Honduras e outros países para “facilitar o tráfico de drogas em larga escala”.

Maduro se defende e acusa EUA e Colômbia

O líder da Venezuela acusa EUA e Colômbia, em seu Twitter de “encher a Venezuela de violência”. “Como chefe de Estado, sou obrigado a defender a paz e a estabilidade de toda a pátria, em qualquer circunstância que surja”, escreveu Maduro.

Já não é de hoje que a Venezuela sobre sanções políticas e econômicas dos EUA e de outros países ligados à ONU. Esses países não consideram, inclusive, Maduro como líder legítimo da nação.

TV MRNews

Etiquetas

MR News

Especializado em jornalismo colaborativo pela FTP em nível de pós-graduação. suporte@oimeliga.combr

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar