NOTÍCIASSERVIÇOS
Trend

Caso Daniel: três outros suspeitos procurados, irão se apresentar em breve

O caso Daniel ganhará um importante episódio nesta segunda-feira (05). Tudo porque o depoimento oficial dos três detidos para investigação do crime contra o jogador do São Paulo que estava emprestado ao São Bento, acontecerá nesta data. Por mais que as investigações já revelaram a autoria do crime, inclusive, assumido até por Edison Brittes Júnior, o Juninho Riqueza.

O depoimento oficial acontecerá nesta data e novas situações podem e devem ser reveladas. Juninho, inclusive, já ajudou na reconstituição do crime, mas a versão contada por ele, em sua primeira oitiva na Polícia, revelou algumas contradições em relação a uma testemunha-chave do caso.

Por exemplo, a testemunha disse que Juninho sentiu falta de Daniel na festa e foi atrás dele. Já Edison revelou que foi acudir a esposa, depois dela ter gritado por socorro. Esta é uma das contradições nos depoimentos.

A participação de outras pessoas, inclusive, não foi confirmada por Juninho Riqueza, mas a testemunha, que não se identificou, disse que o namorado de Allana e outros dois homens também participaram da barbárie que deixou o jogador inconsciente e que depois de morto, ainda teve o pescoço quase decepado e, por fim, sem as genitálias.

Em relação às outras detidas, Allana e Cristiana Brittes, mãe e filha, a polícia quer esclarecer alguns fatos sobre a autoria, mas, principalmente sobre um ponto que foi revelado à polícia pelo declarante que presenciou a cena. Segundo ele, a família Brittes o convocou para que as versão ditas à polícia fossem combinadas entre eles, para, supostamente, minimizar o crime.

O homem que estava na festa disse que chegou a ser coagido e ameaçado ao se recusar mentir em sua versão.

Site confirma que três suspeitos pediram para se apresentar formalmente à polícia

Segundo o site de notícias UOL, os três homens que a polícia já estava procurando para darem seus depoimentos, já pediram formalmente para se apresentar e esclarecer o grau de seus envolvimentos no espancamento e morte do atleta. Como já amplamente divulgado, os três darão seus depoimentos como suspeitos de participação no crime. São eles: o namorado de Allana, filha de Juninho, seu primo e um outro parente da família Brittes.

Os três foram apontados pela testemunha, como autores do espancamento de Daniel Corrêa, em conjunto com Juninho. A identidade dos jovens não foi divulgada.

TV MRNews

R. HUGO

Especializado em jornalismo colaborativo pela FTP em nível de pós-graduação. suporte@oimeliga.combr

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close