NOTÍCIAS
Trend

Caso Neymar: após vídeo de encontro sumir, advogado de Najila faz ameaça e diz que vai deixar o caso

Danilo Garcia de Andrade pode ser o terceiro advogado a deixar o caso, após 'falta de provas'.

O caso Neymar ganha novos ares e, desta vez, pode ter troca de personagens novamente. Tudo porque o terceiro advogado que representa a modelo Najila Trindade, Danilo Garcia de Andrade, definiu uma data breve para deixar a causa, se a modelo Najila não lhe entregar as provas que disse que tem.

Na verdade o imbróglio começou um pouco antes, quando Najila contou à polícia que teve seu apartamento arrombado e que levaram seu tablet, onde estavam as imagens do segundo encontro com Neymar. A polícia fez perícia na casa e os indícios de arrombamento são muito leves. Também, todas as duas digitais encontradas na casa eram da modelo e de um amigo que sempre frequenta a residência. .

A história ganha ainda contornos mais inusitados, já que a prova cabal do crime, seria o vídeo que Najila dizia ter. Por outro lado, agora ela alega que pelo fato de terem levado o equipamento eletrônico, não há mais o vídeo, que só estava guardando no referido tablet.

Advogado ameaça deixar o caso

O advogado de Najila revelou ao UOL esportes: “Se a investigação policial a respeito do eventual arrombamento onde residia Najila mostrar que não houve arrombamento, deixarei o caso. Pois a relação advogado-cliente é baseada sempre na confiança. Não havendo confiança, não há motivo para permanecer”, disse Danilo Garcia.

Neymar não consegue paralisar a investigação sobre vazamento de fotos na Justiça

Nájla Trindade acusa o jogador de tê-la abusado de forma violenta e, por isto, falou muitas vezes em Justiça. Já a defesa do jogador nega estas acusações.

Por outro lado, cabe lembrar também que Neymar é investigado pelo vazamento das fotos da modelo. Lembre-se que são dois casos distintos, apesar de alguma correlação. Sobre esta investigação,  os advogados Flavio Menezes Bacellar, do RJ, Luiz Gustavo Vicente Penna, Thalita Cristina da Silva Leite e Felipe Gomes Mano, de SP, alegaram “presença de excludente de ilicitude em fato praticado pelo paciente” na solicitação por um Habeas Corpus que travasse o inquérito. Segundo informação apurada pelo UOL, esses advogados NÃO teriam sido constituídos por Neymar.

O habeas corpus é uma medida de urgência, por isso pode ser proposto sem procuração do beneficiário, chamado de paciente. É, entretanto, extremamente incomum que advogados não constituídos proponham a medida contra a vontade ou sem consultar o paciente e seus procuradores constituídos.

Os atuais advogados do jogador, inclusive, negam ter participação no pedido a intervenção de colegas de profissão em nome de seus clientes. Os advogados constituídos pelo jogador são: Davi Tangerino e Salo de Carvalho. O Juiz, por sua vez, não viu nenhuma ilegalidade em relação à investigação e, por isto, não concedeu a liminar.

neymar e Najila Teixeira, mensagens de WhatsApp (Reprodução RecordTV)
neymar e Najila Teixeira, mensagens de WhatsApp (Reprodução RecordTV)

TV MRNews

Tags

R. HUGO

Especializado em jornalismo colaborativo pela FTP em nível de pós-graduação. suporte@oimeliga.combr

Artigos relacionados

Close