BBB21ENTRETENIMENTO
Trend

Ex-BBB Boca Rosa sofre processo milionário da Globo após enganar a emissora

Bianca Andrade a Boca Rosa

Globo está processando Bianca Andrade, a ex-BBB também conhecida como Boca Rosa. O motivo? Ela teria mentido em sua admissão ao programa, que exige completa exclusividade. Calma que o MRNews explica.

Não perca nada dos realitys jogos e novelas, no GOOGLE NEWS CLICANDO AQUI - MRNEWS
 

Boca Rosa foi uma das digital influencers que foram contactadas pela Globo para participar da edição histórica do programa, a vigésima edição. Esta edição contou com, metade da casa sendo influencers, artistas e personalidades conhecidas e, a outra metade, pessoas desconhecidas, que vieram de inscrições feitas pela internet. Até aí, tudo normal. Entretanto, a Globo faz algumas exigências antes que a pessoa entre no BBB.

Dentre elas, exames diversos de saúde, contrato de exclusividade e que rege as regras de comportamento dentro do programa. Uma delas, segundo a Globo, foi descumprida pela morena.

Boca Rosa teria mentido sobre exclusividade

Segundo o site O Fuxico, a morena que teve uma participação marcante no BBB, ficou surpresa com o processo da Globo. Tudo porque, ela teria ocultado que estaria no elenco de ‘Soltos em Floripa’, um reality de Amazon Prime Video.

Esse ‘esquecimento’, entretanto, poderá custar muito caro à digital influencer. O processo custaria cerca de meio milhão de reais, R$ 500 mil, à morena. Ao menos este seria o pedido inicial da Globo em ação impetrada em desfavor à ex-participante.

Bianca Andrade
Foto: Reprodução/Globo

Bianca Andrade

A ação da Globo foi protocolizada na 7ª Vara Cível do Rio de Janeiro, da qual o o site do UOL, Notícias da TV acabou tendo acesso. No processo a Globo afirma que Bianca Andrade descumpriu a cláusula de exclusividade, já que apareceu em uma atração considerada concorrente, uma vez que o streaming da Amazon bate de frente com a Globoplay.

A influenciadora assinou o contrato com a Globo no dia 10 de dezembro do ano passado e não mencionou que tinha gravado o “Soltos em Floripa”. A emissora só descobriu após a eliminação polêmica de Boca Rosa do reality, no dia 25 de fevereiro, pois ela só foi anunciada como uma das comentarias da atração concorrente no dia 5 de março.

Globo faz alegações no processo

“Alguns dias após a eliminação, quando a ré [Bianca] ainda se encontrava obrigada a cumprir obrigações contratuais com a Globo, como a participação em programas, entrevistas, ensaios fotográficos, entre outras, a autora [Globo] teve ciência acerca de grave violação pela influencer das cláusulas contratuais de exclusividade pactuadas pelas partes”, foi alegado no processo.

Como de costume, os participantes do “BBB” tem um período de exclusividade na emissora após serem eliminados da atração. No caso de Bianca Andrade, seu contrato foi até o dia 30 de abril, mas o “Soltos em Floripa” estreou antes disso, no dia 20 de março. A emissora chamou a suposta mentira de ‘omissão dolosa’ e ainda diz que a morena se beneficiou do programa para ganhar seguidores e vender produtos:

“A omissão, no caso, foi obviamente dolosa, caso contrário sua participação no BBB não seria autorizada pela emissora autora, visto que contrária as regras aplicáveis a todos os participantes, o que resultaria na perda da exposição comercial destacada pela própria ré”, diz a ação que destaca que Boca Rosa se beneficiou do “BBB”, ganhando seguidores e vendendo mais dos seus produtos. A ex-BBB ainda não se pronunciou.

TV MRNews

Etiquetas

MR News

Especializado em jornalismo colaborativo pela FTP em nível de pós-graduação. [email protected]
Botão Voltar ao topo
Fechar