EsportesVASCO

Vasco viaja para a Argentina sem 10 jogadores, sem treinador nem auxiliar e aposta em soluções caseiras no banco

O Vasco embarca na tarde desta quarta para a Argentina com uma extensa lista de desfalques por conta da Covid-19. Diagnosticado positivo, o técnico Ricardo Sá Pinto ficará no Rio de Janeiro, assim como seu auxiliar, Rui Mota. Nesta quinta, diante do Defensa Y Justicia, pelas oitavas da Sul-Americana, a equipe será comandada pelo auxiliar Alexandre Grasseli, que esteve à frente do time nos jogos contra Flamengo e Inter, logo após a demissão de Ramon Menezes.

A boa notícia fica por conta da recuperação de Carlinhos. Livre do novo coronavírus, o meia foi relacionado e se junta a Leandro Castan e Miranda, outros atletas que retornaram aos treinos nos últimos dias após terem Covid.

 

Ribamar e Fellipe Bastos estão bem, já cumpriram o período de isolamento protocolar de 10 dias, mas exames ainda detectam pequenos fragmentos do vírus. Por conta disso, eles estão fora da viagem.

Ribamar e Bastos engrossam a lista de desfalques do Vasco na Argentina por conta de Covid. Além deles, Fernando Miguel, Werley, Ulisses, Tiago Reis, Benitez, Talles Magno, Jadson e Fintelman não viajam.

A provável escalação do Vasco na Argentina é Lucão, Léo Mattos, Castan, Miranda, Marcelo Alves e Neto Borges; Marcos Júnior, Léo Gil, Carlinhos (Vinicius); Gustavo Torres e Cano.

TV MRNews

Botão Voltar ao topo