ENTRETENIMENTONOTICIAS
Trend

Menina de 3 anos morre durante exorcismo nos EUA e pastor se explica: ‘Vontade’

Líderes religiosos de uma pequena igreja evangélica em San Jose (Califórnia, EUA), onde uma menina de 3 anos morreu no ano passado, confirmaram recentemente ter realizado uma cerimônia com a criança para “libertá-la de seus espíritos malignos”, mas garantem que o que aconteceu foi “a vontade de Deus”, não a consequência de um exorcismo.

“Se você ler a Bíblia, verá que Jesus expulsa demônios e torna os doentes saudáveis ​​novamente”, disse Rene Huezo, pastor da Igreja Apóstolos e Profetas e avô da vítima, segundo o “Mercury News”. “Não é quando eu quero fazer, é quando Deus, em sua vontade, quer curar a pessoa. O pregador é como um instrumento de Deus; o que fazemos é o que Deus diz”, acrescentou ele.

A morte de Arely Naomi Proctor por asfixia foi considerada homicídio de acordo com o laudo do legista do condado de Santa Clara. Sua mãe, Claudia Hernandez, que, segundo investigadores, negou comida à menina e apertou o pescoço dela durante a sessão de exorcismo, foi presa e acusada de agressão a uma criança resultando em morte.

Parecendo visivelmente ansioso e chateado após um culto na noite do último domingo (8/5), o pastor Huezo, que realizou o exorcismo em Arely em setembro, disse que sente muita dor pela morte da neta.

“É difícil para as pessoas entenderem o que aconteceu, mas é coisa de Deus, e tudo está na vontade de Deus, não importa quão pequeno ou grande”, justificou o avô da vítima.

Pequena igreja evangélica na Califórnia onde menina morreu durante sessão de exorcismo
Pequena igreja evangélica na Califórnia onde menina morreu durante sessão de exorcismo Foto:

Um dos membros da igreja também é um dos suspeitos do sequestro de um menino em San Jose no mês passado, mas os líderes da igreja disseram que não sabiam nada sobre esse crime.

TV MRNews Não perca também:

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo